Wilson Miranda Vol. 4 (1962)

Chantecler CMG 2148

Presenting singer Wilson Miranda for the first time in this parallel reality.

I will tell you nothing about him as not to spoil the pleasure of reading five different texts about him and his art on the back cover, written by: Jair de Taumaturgo, Jair Amorim, Enzo de Almeida Passos, Sergio Galvão and Henrique Lobo.

The songs:

01. Corre Coração (Speedy Gonzales) (Buddy Kaye / David Hill / Ethel Lee / Vrs. Juvenal Fernandes)
02. Maria (Leonard Bernstein / Stephen Sondheim / Vrs. Renato Corte Real)
03. Balada do Amor Maior (As Big As My Love For You) (Leon Carr / Hal David / Vrs. Wilson Miranda)
04. A Menina Sonha Azul (Tito Madi)
05. Até Breve (Yassu) (Ned Washington / Dimitri Tiomkin / Vrs. Wilson Batista)
06. Stella By Starlight (Ned Washington / Victor Young)
07. Mais Uma Vez (just One Time) (D. Gibson / Vrs. Oiram Santos)
08. Sol (Mário Albanese / Jorge Duarte)
09. Fama e Fortuna (Fame And Fortune) (Kosloss / Gould / W. Conn / Packard / Vrs. Antônio Galvão / Vrs. Ciro Cruz)
10. Choro (Waldemar Espinosa Garcia)
11. Quero Mas Não Posso (Joaquim Taborda)
12. I’ve Got You Under My Skin (Cole Porter)

ORQUESTRA REGIDA POR ÉLCIO ALVARES

Créditos: Pedro & 300discos

Wilson Miranda Vol. 4 (1962)

Chantecler CMG 2148

Presenting singer Wilson Miranda for the first time in this parallel reality.

I will tell you nothing about him as not to spoil the pleasure of reading five different texts about him and his art on the back cover, written by: Jair de Taumaturgo, Jair Amorim, Enzo de Almeida Passos, Sergio Galvão and Henrique Lobo.

The songs:

01. Corre Coração (Speedy Gonzales) (Buddy Kaye / David Hill / Ethel Lee / Vrs. Juvenal Fernandes)
02. Maria (Leonard Bernstein / Stephen Sondheim / Vrs. Renato Corte Real)
03. Balada do Amor Maior (As Big As My Love For You) (Leon Carr / Hal David / Vrs. Wilson Miranda)
04. A Menina Sonha Azul (Tito Madi)
05. Até Breve (Yassu) (Ned Washington / Dimitri Tiomkin / Vrs. Wilson Batista)
06. Stella By Starlight (Ned Washington / Victor Young)
07. Mais Uma Vez (just One Time) (D. Gibson / Vrs. Oiram Santos)
08. Sol (Mário Albanese / Jorge Duarte)
09. Fama e Fortuna (Fame And Fortune) (Kosloss / Gould / W. Conn / Packard / Vrs. Antônio Galvão / Vrs. Ciro Cruz)
10. Choro (Waldemar Espinosa Garcia)
11. Quero Mas Não Posso (Joaquim Taborda)
12. I’ve Got You Under My Skin (Cole Porter)

ORQUESTRA REGIDA POR ÉLCIO ALVARES

Créditos: Pedro & 300discos

Elcio Alvarez e Sua Orquestra – O Maximo Para O Seu Baile (1962)

Chantecler CMG 2162

Élcio Álvarez with orqchestra and mixed choir delivers some high class music for celebrations, parties with dancing and drinking or just plain listening.

A text by Walter Sperandos, (Disc Jockey Radio Cacique, Santos) about this recording + a portrait of Élcio Álvarez may be found on the back cover, so I suggest reading it (if you understand Portuguese, of course).

You don’t have to understand Portuguese or any other language to take a look at Élcio‘s portrait and enjoy these instrumental compositions with the choir singing without explicit textual messages:

01. The Exodus Song (Ernest Gold / Pat Boone)
02. Let’s Twist Again (Kal Mann / Dave Appel)
03. Castiguei (Jorge Costa / Venâncio)
04. Moonglow (Irving Mills / Will Hudson / Eddie de Lange)
05. Las Secretarias (Pepe Luis)
06. Colonel Bogey (Kenneth J. Alford)
07. Samba Chá-chá-chá (Mário Albanese)
08. Kissin’ Twist (E. Burroughs / A. Vano)
09. Beyond The Blue Horizon (Leo Robin / Richard Whiting / Frank Harling)
10. Berlin Melody (Heino Gaze)
11. Veja Só (Mário Casali / Pery Ribeiro)
12. Tea For Two (Irving Caesar / Vincent Youmans)

DANCING IN BERLIN

Créditos: Pedro & 300discos

Elcio Alvarez e Sua Orquestra – O Maximo Para O Seu Baile (1962)

Chantecler CMG 2162

Élcio Álvarez with orqchestra and mixed choir delivers some high class music for celebrations, parties with dancing and drinking or just plain listening.

A text by Walter Sperandos, (Disc Jockey Radio Cacique, Santos) about this recording + a portrait of Élcio Álvarez may be found on the back cover, so I suggest reading it (if you understand Portuguese, of course).

You don’t have to understand Portuguese or any other language to take a look at Élcio‘s portrait and enjoy these instrumental compositions with the choir singing without explicit textual messages:

01. The Exodus Song (Ernest Gold / Pat Boone)
02. Let’s Twist Again (Kal Mann / Dave Appel)
03. Castiguei (Jorge Costa / Venâncio)
04. Moonglow (Irving Mills / Will Hudson / Eddie de Lange)
05. Las Secretarias (Pepe Luis)
06. Colonel Bogey (Kenneth J. Alford)
07. Samba Chá-chá-chá (Mário Albanese)
08. Kissin’ Twist (E. Burroughs / A. Vano)
09. Beyond The Blue Horizon (Leo Robin / Richard Whiting / Frank Harling)
10. Berlin Melody (Heino Gaze)
11. Veja Só (Mário Casali / Pery Ribeiro)
12. Tea For Two (Irving Caesar / Vincent Youmans)

DANCING IN BERLIN

Créditos: Pedro & 300discos

Elcio Alvarez e Sua Orquestra – Exaltacao A Viola (1959)

Chantecler CMG 2041

Although Élcio Álvarez has recorded at least 15 career albums spanning the period from 1959 to 1983, he has so far been presented on Parallel Realities only with individual tracks on a compilation and as arranger and orchestra leader backing other artists.

Now, finally here he is with a career album, his second. More about the music featured may be found on the back cover text, written by Vicente Leporace.

Who is playing the viola caipira, you may either guess by listening to the tracks or by reading the last part of this post.

01. De Papo Pro Á (Joubert de Carvalho / Olegário Mariano)
02. Minha Terra (Waldemar Henrique)
03. Flor Amorosa (Joaquim Callado / Catulo da Paixão Cearense)
04. Morrendo de Amor (Canarinho / Maximino Parisi)
05. Na Serra da Mantiqueira (Ary Kerner Veiga de Castro)
06. Tristeza do Jeca (Angelino de Oliveira)
07. Rato Rato (Casemiro Rocha / Claudino Costa)
08. Na Virada da Montanha (Lamartine Babo / Ary Barroso)
09. Piraporinha (Alberto Candelizio)
10. Baião da Serra Grande (Fred Williams / Diogo Mulero ”Palmeira”)
11. Azulão (Almirante / João de Barro)
12. Sodade Ruim (Georgette Cutait / Diva Jabor)

Solista de viola caipira:

POLY

Créditos: Pedro & 300discos

ABOUT TRISTEZA DO JECA by Mr Memory:
A toada Tristeza do Jeca, de Angelino de Oliveira é a mais representativa do repertório de música raiz, da verdadeira música que fala do povo simples que vive nas cidades interioranas do Brasil. A gravação de Tonico & Tinoco, datada de 1947, é a única completa dentre todas as inúmeras regravações existentes.

Elcio Alvarez e Sua Orquestra – Exaltacao A Viola (1959)

Chantecler CMG 2041

Although Élcio Álvarez has recorded at least 15 career albums spanning the period from 1959 to 1983, he has so far been presented on Parallel Realities only with individual tracks on a compilation and as arranger and orchestra leader backing other artists.

Now, finally here he is with a career album, his second. More about the music featured may be found on the back cover text, written by Vicente Leporace.

Who is playing the viola caipira, you may either guess by listening to the tracks or by reading the last part of this post.

01. De Papo Pro Á (Joubert de Carvalho / Olegário Mariano)
02. Minha Terra (Waldemar Henrique)
03. Flor Amorosa (Joaquim Callado / Catulo da Paixão Cearense)
04. Morrendo de Amor (Canarinho / Maximino Parisi)
05. Na Serra da Mantiqueira (Ary Kerner Veiga de Castro)
06. Tristeza do Jeca (Angelino de Oliveira)
07. Rato Rato (Casemiro Rocha / Claudino Costa)
08. Na Virada da Montanha (Lamartine Babo / Ary Barroso)
09. Piraporinha (Alberto Candelizio)
10. Baião da Serra Grande (Fred Williams / Diogo Mulero ”Palmeira”)
11. Azulão (Almirante / João de Barro)
12. Sodade Ruim (Georgette Cutait / Diva Jabor)

Solista de viola caipira:

POLY

Créditos: Pedro & 300discos

ABOUT TRISTEZA DO JECA by Mr Memory:
A toada Tristeza do Jeca, de Angelino de Oliveira é a mais representativa do repertório de música raiz, da verdadeira música que fala do povo simples que vive nas cidades interioranas do Brasil. A gravação de Tonico & Tinoco, datada de 1947, é a única completa dentre todas as inúmeras regravações existentes.

Lurdinha Pereira – Papeis Velhos (1961)

Chantecler CMG 2130

Another candy:

The second album out of the current package presents another, to me previously unknown cantora: Lurdinha Pereira has her premiere on Parallel Realities with her first album, out of 3 (?).
 
Chantecler‘s back cover text, written by Braz (Baccario, I suppose) is informative as usual and I recommend reading it.

While doing so, enjoy Lurdinha‘s specific voice singing:

01. Papéis Velhos (Rolando Boldrin / Geraldo Vietri)
02. Não Devolvi (Waldick Soriano / Paulo Augusto)
03. Sem Ele (Rolando Boldrin)
04. Samba e Mulata (Umberto Silva / Luiz Mergulhão / Zeca do Pandeiro)
05. Orvalho dos Teus Olhos (Rolando Boldrin)
06. Amor Desfeito (Manoel Ferreira / Ruth Amaral)
07. Ajuda-me Meu Deus (Ayudame Dios Mio) (Mario de Jesus / Vrs. Diogo Mulero ”Palmeira”)
08. Namorados (Luiz Mergulhão / Diogo Mulero ”Palmeira”)
09. Lembrança (José Fortuna)
10. Coisinha Doce (Sweet Thing) (D. Bryant / Vrs. Giram Santos)
11. Moleque Malandro (Felippe Tedesco)
12. Não Quero Que Ele Saiba (Nizio / Teddy Vieira)

Backing is by the Regional do Poly and Élcio Alvarez and his orchestra.

Artistic direction is by:  

DIOGO MULERO (Palmeira)

Créditos: Pedro & 300discos

ABOUT ROLANDO BOLDRIN by Edson Mendes:
As I didn’t know this singer, I did some researches and discovered why so many Rolando Boldrin‘s songs are present in the disc repertoire: they were – and still are – married.
Rolando Boldrin is a very prominent character in Brazilian culture: singer, composer, researcher and music producer, actor, TV host, and he is brilliant in
all these activities!

ADDITIONAL by Milan Filipović:
Lurdinha Pereira‘s third album was released in 1980 and titled: Rolando Boldrin e Lurdinha Pereira – Giro-o-giro (Continental 1.01.404.23)

MORE ABOUT LURDINHA by Mr Memory:
A cantora Lurdinha Pereira, nasceu a 04 de Dezembro (apesar de constar na contra-capa como sendo 20 de Junho) do ano de 1936. As faixas Amor Desfeito e Papéis Velhos, haviam sido lançadas no 78 rpm Chantecler 78-0435, em Maio de 1961. Já, as faixas Namorados e Ajuda-me Meu Deus, no 78 rpm Chantecler 78-0500, em Setembro de 1961. Neste LP, contém ainda as faixas Não Devolvi e Lembrança, lançadas originalmente no 78 rpm Chantecler 78-0526, em Novembro de 1961. A guarânia Lembrança, de autoria de José Fortuna (integrante dos Maracanãs), com o arranjo inconfundível do maestro Élcio Alvares, foi o maior sucesso da carreira de Lourdinha Pereira. Atualmente, está residindo na cidade de Franca, interior do estado de São Paulo.

Lurdinha Pereira – Papeis Velhos (1961)

Chantecler CMG 2130

Another candy:

The second album out of the current package presents another, to me previously unknown cantora: Lurdinha Pereira has her premiere on Parallel Realities with her first album, out of 3 (?).
 
Chantecler‘s back cover text, written by Braz (Baccario, I suppose) is informative as usual and I recommend reading it.

While doing so, enjoy Lurdinha‘s specific voice singing:

01. Papéis Velhos (Rolando Boldrin / Geraldo Vietri)
02. Não Devolvi (Waldick Soriano / Paulo Augusto)
03. Sem Ele (Rolando Boldrin)
04. Samba e Mulata (Umberto Silva / Luiz Mergulhão / Zeca do Pandeiro)
05. Orvalho dos Teus Olhos (Rolando Boldrin)
06. Amor Desfeito (Manoel Ferreira / Ruth Amaral)
07. Ajuda-me Meu Deus (Ayudame Dios Mio) (Mario de Jesus / Vrs. Diogo Mulero ”Palmeira”)
08. Namorados (Luiz Mergulhão / Diogo Mulero ”Palmeira”)
09. Lembrança (José Fortuna)
10. Coisinha Doce (Sweet Thing) (D. Bryant / Vrs. Giram Santos)
11. Moleque Malandro (Felippe Tedesco)
12. Não Quero Que Ele Saiba (Nizio / Teddy Vieira)

Backing is by the Regional do Poly and Élcio Alvarez and his orchestra.

Artistic direction is by:  

DIOGO MULERO (Palmeira)

Créditos: Pedro & 300discos

ABOUT ROLANDO BOLDRIN by Edson Mendes:
As I didn’t know this singer, I did some researches and discovered why so many Rolando Boldrin‘s songs are present in the disc repertoire: they were – and still are – married.
Rolando Boldrin is a very prominent character in Brazilian culture: singer, composer, researcher and music producer, actor, TV host, and he is brilliant in
all these activities!

ADDITIONAL by Milan Filipović:
Lurdinha Pereira‘s third album was released in 1980 and titled: Rolando Boldrin e Lurdinha Pereira – Giro-o-giro (Continental 1.01.404.23)

MORE ABOUT LURDINHA by Mr Memory:
A cantora Lurdinha Pereira, nasceu a 04 de Dezembro (apesar de constar na contra-capa como sendo 20 de Junho) do ano de 1936. As faixas Amor Desfeito e Papéis Velhos, haviam sido lançadas no 78 rpm Chantecler 78-0435, em Maio de 1961. Já, as faixas Namorados e Ajuda-me Meu Deus, no 78 rpm Chantecler 78-0500, em Setembro de 1961. Neste LP, contém ainda as faixas Não Devolvi e Lembrança, lançadas originalmente no 78 rpm Chantecler 78-0526, em Novembro de 1961. A guarânia Lembrança, de autoria de José Fortuna (integrante dos Maracanãs), com o arranjo inconfundível do maestro Élcio Alvares, foi o maior sucesso da carreira de Lourdinha Pereira. Atualmente, está residindo na cidade de Franca, interior do estado de São Paulo.

Coquetel de Sambas (1964)

Chantecler CMG 2287

A Chantecler various artists showcase…

The compositions and performers are:

01. Garota de Ipanema (Tom Jobim / Vinicius de Moraes) Francisco Moraes
02. Samba da Madrugada (Dora Lopes / Carminha Mascarenhas / Herotides Nascimento) Élcio Álvarez
03. Samba É (A. Miranda / Santana) Miranda
04. Cheiro de Saudade (Djalma Ferreira / Luis Antônio) Biriba Boys
05. Chora Coração (Denis Brean / Osvaldo Guilherme) Renato Perez
06. Não Tenho Lágrimas (Max Bulhões / Milton de Oliveira) Guerra Peixe
07. Mas Que Nada (Jorge Ben “Jorge Benjor”) Waldemiro Lemke
08. Chove Chuva (Jorge Ben “Jorge Benjor”) Nininha
09. Não Sabemos (Rubens Caruso) Élcio Álvarez
10. Leva-me Contigo (Dolores Duran) Biriba Boys
11. Evolução da Bossa (Nininha) Nininha
12. Agora É Cinza (Alcebíades Barcelos “Bide” / Armando “Marçal”) Guerra Peixe

THE COCKTAIL PARTY

Créditos: Pedro & 300discos

Coquetel de Sambas (1964)

Chantecler CMG 2287

A Chantecler various artists showcase…

The compositions and performers are:

01. Garota de Ipanema (Tom Jobim / Vinicius de Moraes) Francisco Moraes
02. Samba da Madrugada (Dora Lopes / Carminha Mascarenhas / Herotides Nascimento) Élcio Álvarez
03. Samba É (A. Miranda / Santana) Miranda
04. Cheiro de Saudade (Djalma Ferreira / Luis Antônio) Biriba Boys
05. Chora Coração (Denis Brean / Osvaldo Guilherme) Renato Perez
06. Não Tenho Lágrimas (Max Bulhões / Milton de Oliveira) Guerra Peixe
07. Mas Que Nada (Jorge Ben “Jorge Benjor”) Waldemiro Lemke
08. Chove Chuva (Jorge Ben “Jorge Benjor”) Nininha
09. Não Sabemos (Rubens Caruso) Élcio Álvarez
10. Leva-me Contigo (Dolores Duran) Biriba Boys
11. Evolução da Bossa (Nininha) Nininha
12. Agora É Cinza (Alcebíades Barcelos “Bide” / Armando “Marçal”) Guerra Peixe

THE COCKTAIL PARTY

Créditos: Pedro & 300discos

Waldemar Roberto e Luiz Wagner – Passei de Ano – Bom Dia Papai 78 rpm (1962)

Chantecler 78-0636

Some time ago I received from our friend Sidney Ferreira this 78 rpm accompanied with a text written by Marisa Sarmento

Lado A:

Passei de Ano (valsa de Waldemar Camargo, feita em parceria com Vicente Longo) na interpretação de Waldemar Roberto e Luiz Wagner, participação do Côro Infantil da Casa de David e acompanhamento da Orquestra Chantecler, regida por Elcio Alvarez.

Lado B:

Bom Dia Papai (valsa de autoria de Waldemar Roberto, feita em parceria com Ari de Jesus) na interpretação de Waldemar Roberto, participação do Côro Infantil da Casa de David, contendo a declamação de Marisa Sarmento e acompanhamento da Orquestra Chantecler, regida por Elcio Alvarez.

Marisa‘s text:

Lembranças da minha declamação para a Valsa Bom dia papai!

Eu tinha 8 anos e me lembro, quando meu pai, me perguntou: “O Waldemar Roberto compôs uma valsa com um amigo, para os dias dos pais e me perguntou se você gostaria de declamar uma poesia? As crianças da Casa de David farão o coral!”.

Meu pai, era muito amigo do Waldemar Roberto e também, ajudava muito a ENTIDADE CASA DE DAVID de crianças abandonadas. Ele ia com muita frequência à entidade, brincar com as crianças e até leva-las para passear de carro, algumas vezes…

Fiquei muito feliz, mas muito ansiosa, pois tinha que decorar a poesia: “Abenção papai!… Papaizinho… este é seu presente que comprei com o dinheiro, que estava guardado no meu cofrinho”. Ele me disse: “Não fique ansiosa você poderá levar um papel com a declamação!”. Aliviada, Waldemar Roberto veio nos buscar em casa e fomos direto para o estúdio! Claro, como qualquer criança de apenas 8 anos, fiquei toda feliz e animada em ver as crianças e toda a movimentação no estúdio com a nossa chegada! Logo, começou a gravação da minha declamação, para depois editarem juntamente com a Valsa e o coral das crianças! Foi e ainda é uma lembrança inesquecível. Pois, foi a minha primeira experiência com um microfone, estúdio cheio e meu pai, todo orgulhoso de mim… Memórias e saudades eternas do meu pai!

BOM DIA MARISA

Créditos: Marisa Sarmento Edwards / Sidney Ferreira

ABOUT MORAES SARMENTO by Sidney Ferreira:

Em abril de 1995, comecei à escutar o “Programa Moraes Sarmento”, pela Rádio Capital AM de São Paulo, transmitido nas noites de sábado. Aprendi muitas histórias da MPB, com o seu Rubens de Moraes Sarmento. Em 22 de março de 1998, fiquei órfão como tantos outros ouvintes. Ele participou de diversas gravações, quase sempre declamando, como na introdução da canção “Mãezinha (de Gomes Cardim e Lela)”, gravada pelo cantor Oslain Galvão. Já, a sentimental canção “Luar de Vila Sônia”, gravada por Tito Martinez, na Chantecler, eu tenho e é fácil encontra-la na Internet. O famoso bordão “Leva este…”, inspirou um samba gravado pelo conjunto Demônios da Garoa, em 1969, inclusive dá título ao LP, pela Chantecler.

Waldemar Roberto e Luiz Wagner – Passei de Ano – Bom Dia Papai 78 rpm (1962)

Chantecler 78-0636

Some time ago I received from our friend Sidney Ferreira this 78 rpm accompanied with a text written by Marisa Sarmento

Lado A:

Passei de Ano (valsa de Waldemar Camargo, feita em parceria com Vicente Longo) na interpretação de Waldemar Roberto e Luiz Wagner, participação do Côro Infantil da Casa de David e acompanhamento da Orquestra Chantecler, regida por Elcio Alvarez.

Lado B:

Bom Dia Papai (valsa de autoria de Waldemar Roberto, feita em parceria com Ari de Jesus) na interpretação de Waldemar Roberto, participação do Côro Infantil da Casa de David, contendo a declamação de Marisa Sarmento e acompanhamento da Orquestra Chantecler, regida por Elcio Alvarez.

Marisa‘s text:

Lembranças da minha declamação para a Valsa Bom dia papai!

Eu tinha 8 anos e me lembro, quando meu pai, me perguntou: “O Waldemar Roberto compôs uma valsa com um amigo, para os dias dos pais e me perguntou se você gostaria de declamar uma poesia? As crianças da Casa de David farão o coral!”.

Meu pai, era muito amigo do Waldemar Roberto e também, ajudava muito a ENTIDADE CASA DE DAVID de crianças abandonadas. Ele ia com muita frequência à entidade, brincar com as crianças e até leva-las para passear de carro, algumas vezes…

Fiquei muito feliz, mas muito ansiosa, pois tinha que decorar a poesia: “Abenção papai!… Papaizinho… este é seu presente que comprei com o dinheiro, que estava guardado no meu cofrinho”. Ele me disse: “Não fique ansiosa você poderá levar um papel com a declamação!”. Aliviada, Waldemar Roberto veio nos buscar em casa e fomos direto para o estúdio! Claro, como qualquer criança de apenas 8 anos, fiquei toda feliz e animada em ver as crianças e toda a movimentação no estúdio com a nossa chegada! Logo, começou a gravação da minha declamação, para depois editarem juntamente com a Valsa e o coral das crianças! Foi e ainda é uma lembrança inesquecível. Pois, foi a minha primeira experiência com um microfone, estúdio cheio e meu pai, todo orgulhoso de mim… Memórias e saudades eternas do meu pai!

BOM DIA MARISA

Créditos: Marisa Sarmento Edwards / Sidney Ferreira

ABOUT MORAES SARMENTO by Sidney Ferreira:

Em abril de 1995, comecei à escutar o “Programa Moraes Sarmento”, pela Rádio Capital AM de São Paulo, transmitido nas noites de sábado. Aprendi muitas histórias da MPB, com o seu Rubens de Moraes Sarmento. Em 22 de março de 1998, fiquei órfão como tantos outros ouvintes. Ele participou de diversas gravações, quase sempre declamando, como na introdução da canção “Mãezinha (de Gomes Cardim e Lela)”, gravada pelo cantor Oslain Galvão. Já, a sentimental canção “Luar de Vila Sônia”, gravada por Tito Martinez, na Chantecler, eu tenho e é fácil encontra-la na Internet. O famoso bordão “Leva este…”, inspirou um samba gravado pelo conjunto Demônios da Garoa, em 1969, inclusive dá título ao LP, pela Chantecler.

Paulo Moura – Tangos E Boleros (1960)

Сhanteсler СMG 2084

Another, previously unpublished album by Paulo Moura. Arrangements are by Élcio Alvarez and Carioca

01. Рerсal (D. S. Federiсo / Нomero Eхрósito) – Insрiraсión  (Рeregrino Рaulos / Luis Rubistein)
02. Am Sсhwarzen Meer (No Mar Negro) (Léo Rodi)
03. Jurame  (Maria Grever)
04. Alma de Вoêmio  (Tião Сarreiro / Вenedito Seviero)
05. Amargura (Сláudio Miranda / Salvador Viola / Сlodoaldo José)
06. Rodriguez Рeña  (Viсente Greсo / Juan M. Veliсh) – Sin Рalabras  (Mariano Mores / Enrique Santos Disсéрolo)
07. Tudo Foi Ilusão  (Laerte Santos / Arсilino Tavares) – O Вilhete (Сarlos Morais)
08. Vagalume  (Toso Gomes / Umberto Silva / Luis Mergulhão)
09. Рalavras ao Vento  (Umberto Silva / Toso Gomes)
10. Se Deus Quiser (Luis Mergulhão / Flora Mattos)
11. Deiхa-me  (Luis Mergulhão /Рaulo Aguiar)
12. Vem  (Mota Vieira / Нélio Neves) – Alguém Me Disse   (Evaldo Gouveia / Jair Amorim)

UNTER DER LATERNE

Créditos: Pedro & 300 discos